Buscar

CORRUPÇÃO em OBRAS PÚBLICAS


QUAIS OS MOTIVOS DA PERMANÊNCIA DESSE MAL?

O dia 09 de dezembro de 2003 ficou marcado como a data em que o Brasil assinou a “Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção”, ato oficialmente promulgado pelo Decreto Presidencial Nº 5687/06. No entanto, passados 16 (dezesseis) anos, a percepção da população brasileira é de que a corrupção aumentou ao invés de diminuir.

A pesquisa anual da ‘Transparência Internacional’ coloca o Brasil na vexatória posição de nº 105, dentre os 180 países pesquisados, lembrando que em 2012 ocupávamos a posição de nº 69!

Enfim, por quais motivos é extremamente difícil nos livrarmos do mal da CORRUPÇÃO?

Dentre as diversas respostas possíveis, uma tem destaque: A CORRUPÇÃO é uma VANTAGEM COMPETITIVA (mas, não para o país!!!)

De fato, muito mais fácil e rápido “investir” em CORRUPÇÃO para se destacar sobre a concorrência do que investir em gestão, serviços de melhor qualidade, inovação, pesquisa e desenvolvimento de produtos e soluções, entre outros possíveis diferenciais competitivos.

Em outras palavras, a CORRUPÇÃO é demasiadamente vantajosa para os corruptos!

Por outro lado, o custo da CORRUPÇÃO é diluído na sociedade. Apesar de percebido, a CORRUPÇÃO não afeta diretamente o bolso do cidadão (ou afeta muito pouco), de forma não existirem incentivos suficientes para uma pressão maior sobre os gestores públicos.

Portanto, uma vez que os benefícios para a sociedade são também diluídos e somente podem ser percebidos em longo espaço de tempo, o desafio imposto pela CORRUPÇÃO é extremamente difícil de ser combatido.

Assim sendo, a solução passará por políticas públicas que possibilitem incentivar diferenciais competitivos que superem as vantagens auferidas pela corrupção, providência que não se resume tão somente às sanções mais severas, mas, como também, não permitam reservas de mercado, aumentem a transparência dos processos decisórios e informem a relação custo-benefício das obras públicas em horizonte de longo prazo.

Em tempo, se você chegou até aqui na leitura, deixe sua contribuição também!

#ObrasPúblicas #Corrupção

Siga-nos nas redes

Siga o Engenheiro de Montreal nas redes sociais

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
Newsletter

Cadastre-se para receber conteúdo do Engenheiro de Montreal

Contato

Entre em contato conosco.

© 2018 O Engenheiro de Montreal. Todos os direitos reservados.