Buscar

A SERPENTE MAYA !!!


Confira nosso post e descubra porque a Serpente Maya é uma obra-prima da engenharia!!!

A pirâmide em destaque não é uma pirâmide qualquer. Trata-se do Templo de Kukulcán no sítio arqueológico de Chichén Itzá, península de Yucatán – México.

O que ela tem de especial?

Bem, além de ser considerada pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade, a construção foi eleita nada menos que uma das 7 MARAVILHAS DO MUNDO MODERNO.

Nossa opinião vai além. É uma das MARAVILHAS da ENGENHARIA.

Construída pela civilização Maya em 920 d.c., a pirâmide indica com perfeição insana o ‘Calendário Solar Agrícola’.

Possui quatro faces que são iluminadas pelo Sol conforme a estação do ano, sendo que suas arestas acusam com precisão absoluta os solstícios e equinócios do Ano Solar.

Cada face conta com 91 degraus (4x91=364), sendo que no topo existe um degrau comum à todas as faces, somando os 365 dias do Ano Solar (e não existe necessidade de ano bissexto).

Esse nível de precisão era necessário à sobrevivência da civilização, haja vista o solstício de verão ser o período exato para o início do ciclo de agricultura. A pirâmide indica essa data com pontualidade britânica.

E a Serpente?

Para os Mayas, a Serpente era símbolo de renascimento e renovação (devido à troca de pele desse réptil).

A veneração chegou ao ponto da civilização engenhar um efeito óptico na pirâmide, quando nos solstícios de verão/inverno os raios solares produzem um jogo de sombras e luzes que criam a ilusão de uma serpente descendo dos céus para a terra, abrindo/fechando o ciclo da fartura de alimentos.

Uma obra ESPETACULAR !!!

#Engenharia #Mundo #Pirâmides

Siga-nos nas redes

Siga o Engenheiro de Montreal nas redes sociais

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
Newsletter

Cadastre-se para receber conteúdo do Engenheiro de Montreal

Contato

Entre em contato conosco.

© 2018 O Engenheiro de Montreal. Todos os direitos reservados.